Principal Igreja Dicas para lições de estudos bíblicos para líderes de pequenos grupos

Dicas para lições de estudos bíblicos para líderes de pequenos grupos

Aulas de estudo bíblico para líderes de pequenos grupos, dicas para igrejasLiderar um pequeno grupo de estudos bíblicos é uma oportunidade especial de se conectar com outras pessoas espiritual e pessoalmente. Experimente essas dicas enquanto pensa na missão e nas prioridades do seu grupo de estudo da Bíblia.

Como iniciar seu grupo

  • Escolha o seu objetivo - Pense para quem é o grupo: novos convertidos, seguidores experientes ou uma mistura? Isso determinará o tipo ou aula que você escolherá e como ministrará a classe. Além disso, considere as idades dos membros do grupo e se o grupo é misto ou se é um estudo para homens ou mulheres. Alguns grupos são mais educacionais, enquanto outros são destinados ao discipulado e aprofundamento nos relacionamentos.
  • Decida se o seu grupo está 'aberto' ou 'fechado' - Um grupo aberto geralmente é um estudo bíblico contínuo ou classe onde novas pessoas podem ingressar a qualquer momento. Um grupo fechado é aquele que normalmente passa por um estudo por um determinado período de tempo e deseja começar e terminar com as mesmas pessoas, permitindo um ambiente onde os participantes se sintam seguros para compartilhar e se relacionar com seu grupo. Há prós e contras para ambos.
  • Exceções à norma - Alguns grupos reúnem-se como um grande grupo, ouvem um orador e depois se dividem em pequenos grupos. Às vezes, um membro do grupo pode querer trazer um amigo / parente de fora da cidade para participar da discussão do grupo. Não importa sua situação especial, você pode ser flexível, inclusivo e acolhedor.
  • Escolha com que frequência se encontrar - Pense bem se você deseja que seu grupo se reúna semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. Weekly permite que se formem consistência e relacionamentos profundos. Duas vezes por semana funciona melhor para um grupo de pessoas com agendas lotadas, como pais com filhos pequenos, homens e mulheres que trabalham fora de casa ou pessoas que viajam. Mensal tende a funcionar bem se vocês estiverem lendo um livro juntos.
  • Decida onde se encontrar - Pense se você deseja hospedar o estudo em sua casa ou em outro lugar. Dado o tempo que você vai dedicar à preparação, às vezes é bom se outra pessoa for anfitriã, para que você não precise se preocupar em preparar sua casa. O estudo pode ser na casa de outro membro, alternar entre as casas, na igreja ou em um local público como um restaurante ou cafeteria. Um 'site neutro' como um restaurante ou uma casa é geralmente o menos intimidante para um novo membro ingressar.
Formulário de inscrição para inscrição em pequenos grupos de estudos bíblicos Inscrição de voluntário em vigília de corrente de oração 24 horas
  • O caso de um lar - A vantagem de se reunir em uma casa é que permite um ambiente caloroso e acolhedor que parece mais pessoal e abre espaço para conversas privadas mais profundas. Dica genial : Use um inscrição online para coordenar a hospedagem entre várias casas.
  • O caso de um restaurante ou café - Um restaurante ou cafeteria descontraído funciona bem para reuniões de manhã cedo ou mais tarde à noite, quando esses locais não estão tão ocupados. É um gesto simpático falar primeiro com o gerente, se você pretende se encontrar lá regularmente. Lembrem-se de levar em consideração o espaço deles, estarem atentos ao tempo e irem atrás de vocês mesmos. Também é bom que pelo menos algumas pessoas comprem alimentos ou bebidas no estabelecimento todas as vezes.
  • Organizar cuidados infantis - É uma grande ajuda oferecer cuidados infantis se o seu estudo envolver os pais. Isso os libera para não se preocupar com uma babá a cada semana. Você pode providenciar creches em sua igreja ou contratar duas babás na casa do anfitrião. Coisas a considerar: como dividir os custos entre os pais e onde os filhos vão brincar.
  • Convide pessoas para participar - Você vai querer espalhar a palavra sobre seu pequeno grupo para alcançar participantes em potencial. Você pode recrutar por meio de boletins / anúncios / boletins da igreja ou postar nas redes sociais e grupos de bairro. Lembre-se de que os convites pessoais são sempre os melhores - e tornam mais fácil dizer 'sim'.
  • Selecione um Tópico / Tema - 'Siga para onde o Espírito está levando você. A maioria dos estudos que conduzi são porque o Senhor continua me trazendo de volta a esse assunto específico, livro da Bíblia ou personagem', aconselha Judy Bayne, que lidera o ministério das mulheres em seu leste Igreja do Texas e dirige estudos bíblicos para mulheres há mais de 20 anos. 'Esteja alerta em suas conversas com outras pessoas. Freqüentemente, os mesmos temas continuarão surgindo. Mantenha isso em mente sobre o que é 'tendência'.' Dica genial : Use estes 60 tópicos, temas e dicas de estudo da Bíblia em pequenos grupos para inspiração.
  • Lembre-se do quadro geral - Bayne também compartilha este conselho: 'A maior coisa que aprendi: seja transparente. As pessoas não se importam se você tem todo o conhecimento da Bíblia se você for inacessível. Elas precisam ver você como real. Compartilhe abertamente como o Senhor tem resgatou você da vida que você vivia antes dele e de como ele continua fazendo isso até hoje. Além disso, não se compare com a forma como qualquer outra pessoa pode levar. Todos nós trazemos dons diferentes e as maneiras como conduzimos são diferentes. A cada vez que eu liderança Eu tenho que pedir ao Senhor para fazer tudo fazer sentido. Gosto de dizer que sou mais um facilitador do que um professor. Eu guio a conversa. Ore! '

Como encorajar relacionamentos e conversas

  • Bem-vindo pessoas - Como líder, você deseja que as pessoas se sintam bem-vindas no grupo desde o primeiro ponto de contato. Ao entrar em contato pela primeira vez, conte aos participantes um pouco sobre você e por que está animado para liderar o grupo. Isso dará às pessoas uma ideia de como você é e as ajudará a se sentirem bem-vindas no primeiro dia. Peça-lhes que respondam a você para que você saiba que receberam a mensagem. Você quer ter certeza de que eles sabem para onde ir e a que horas estar lá. Acima de tudo, eles precisam saber que você está feliz por eles estarem em seu grupo.
  • Partam o pão juntos - Comer uma refeição ou lanches relaxa a atmosfera e constrói a comunidade. Também pode quebrar o gelo e dar às pessoas algo para discutir inicialmente. Dica genial : Peça às pessoas para fazerem rodízio trazendo lanches e mantê-lo organizado com um inscrição online .
  • Experimente quebra-gelos - É sempre útil ter algumas perguntas para quebrar o gelo prontas para o início da reunião. Eles são uma forma divertida de conhecer pessoas e rir juntos. Algumas ótimas perguntas para a primeira semana: 'Em quantas cidades você já morou?' e 'Por que você está aqui?' Essas perguntas fornecem informações básicas e ajudam a identificar pontos de interesse e semelhanças para os membros do grupo. Conforme o grupo continua, as perguntas podem se tornar mais perspicazes ou instigantes. Dica genial : Tente esse 50 perguntas quebra-gelo para pequenos grupos .
  • Mix Up Seating - Para estudos bíblicos em grupos maiores, a natureza humana é sentar-se no mesmo lugar ou com seus amigos. Mas para que os relacionamentos se desenvolvam - e para evitar que os grupos se tornem camarões - ajuda mudar de lugar. Como líder, ajuda se você mudar o local onde se senta na sala para que os outros também o façam.
  • Estabelecer Confidencialidade - Estabeleça limites no início do estudo para os tipos de tópicos discutidos e lembre as pessoas de que qualquer coisa discutida no estudo permanece no estudo. É crucial estabelecer a confidencialidade para que as pessoas sintam que é um lugar seguro para compartilhar.
  • Identifique diferentes personalidades de discussão - Normalmente, alguns membros do grupo podem cair em uma de duas categorias: falantes e não falantes. Existem diferentes maneiras de abordar cada um. Os falantes podem assumir o comando do grupo sem querer, e os quietos podem precisar ser encorajados a compartilhar seus pensamentos.
  • Dicas para locutores - O líder geralmente pode definir o tom por quanto tempo falar - e isso geralmente funciona bem. No entanto, se você ainda tiver um 'locutor', ouça-os enquanto eles compartilham e, se continuarem, acene com a cabeça mais rápido para sinalizar: 'Entendemos o que você quis dizer e precisamos seguir em frente.' Este é um equilíbrio MUITO delicado para fazer com que eles se sintam ouvidos, mas também deixando espaço para outros compartilharem. Você também pode dizer a eles que precisamos passar para o próximo tópico / pergunta em um minuto. Outra abordagem útil é chegar cedo para passar um tempo com o 'locutor', para que ele tenha a chance de discutir os tópicos antes do estudo.
  • Dicas para o tipo silencioso - Você pode tentar perguntar a eles diretamente o que eles pensam. Quando eles se abrirem, balance a cabeça lentamente para encorajá-los e ajudar a atraí-los. Quanto mais confortáveis ​​eles se sentirem, mais compartilharão. Quando eles compartilharem, certifique-se de que possam manter a palavra sem serem interrompidos.

Como abordar situações especiais

  • Respondendo às diferenças na teologia - Sua abordagem irá variar com base na composição do seu grupo e na resposta da pessoa. Se for um grupo interdenominacional, deixe as diferenças denominacionais de lado e concentre-se nos principais princípios da fé. Se uma resposta não confundir o resto do grupo, espere para falar com a pessoa até mais tarde em particular. Se a resposta for teologicamente incorreta em uma escala maior que poderia desviar o grupo do curso, você pode repetir gentilmente o que ouviu a pessoa dizer e vinculá-lo, se possível, ao propósito de sua discussão e, então, redirecionar a conversa. Embora a teologia seja importante, o mais importante é que as pessoas saibam que são amadas e valorizadas por Deus. Como o autor e palestrante Bob Goff afirma: 'Passe mais tempo dizendo às pessoas quem elas são [em Cristo] do que por que estão erradas.'
  • Mantenha o incentivo no centro - Especialmente em um estudo com uma mistura de níveis espirituais ou formações religiosas, apegue-se ao cerne do que a Bíblia ensina. As pessoas estão cansadas e precisam de encorajamento da palavra de Deus e de pessoas que também estão tentando viver o amor de Jesus diariamente.
  • Momentos emocionais - Alguns estudos bíblicos podem trazer à tona muitas emoções, e você pode ter algumas pessoas que choram periodicamente. Dependendo da proximidade do seu grupo, isso pode ser bom ou muito desconfortável. Como líder, a melhor coisa a fazer se alguém chorar é parar e orar por ele. Isso dá as boas-vindas ao Espírito Santo no momento, acalmando a todos e reorientando o grupo.

Como comemorar o fim das sessões de pequenos grupos

  • Servir Juntos - As pessoas se aproximam servindo e trabalhando em prol de um objetivo e propósito comuns. Também ajuda a ampliar as perspectivas e dá a todos a chance de pensar fora de suas vidas cotidianas. Dica genial : Tente esse 50 ideias de serviço comunitário .
  • Planeje uma atividade - Organizar almoço, cinema ou caminhada fora do estudo bíblico para nos conhecermos melhor em um ambiente diferente. Considere atividades de construção de equipe, como uma sala de fuga ou pista de obstáculos. Muitas vezes ajuda o grupo a formar laços mais profundos.
  • Eduque-se - Considere assistir a um documentário ou vídeo educacional juntos sobre um evento atual que seja relevante para o estudo. Você também pode ir a uma conferência, retiro ou evento comunitário relacionado ao que estudaram juntos. Use isso como uma plataforma para aplicar o que estão aprendendo juntos a eventos do mundo real.
  • Organize uma refeição comemorativa - Considere uma refeição divertida de final de estudo e receba pessoas inscreva-se para trazer pratos diferentes . Você pode reservar um tempo para as pessoas compartilharem um destaque do estudo e uma verdade importante que desejam apegar-se. 'É difícil lembrar de oito semanas de informações, então selecione uma verdade-chave para se agarrar e coloque-a em sua proverbial embalagem para levar com você em sua jornada', disse Elizabeth Poplin, fundadora e líder do estudo bíblico municipal Despertar em Charlotte, Carolina do Norte.
  • Delegar - Finalmente, não tenha medo de recrutar ajuda e delegar! Muitas vezes as pessoas querem ajudar, mas podem não saber como. Quando alguém que não seja um líder puder contribuir, incentive-o e deixe-o!

Com um pouco de planejamento e reflexão fervorosa, liderar um estudo bíblico em pequeno grupo será algo pelo qual ansiar. Lembre-se de que bons líderes não são perfeitos, mas lideram humildemente pelo exemplo.

Andrea johnson é texana nativa que agora mora em Charlotte, N.C., com o marido e duas filhas. Gosta de corrida, fotografia e bom chocolate.




DesktopLinuxAtHome torna a organização da igreja fácil.




Artigos Interessantes